Orgulho, o único pecado que o ser humano não se envergonha

Share:
Orgulho, o único pecado que não  nos envergonhamos, pois vejo diversas pessoas se intitulando orgulhosas, falando de peito aberto “eu sou uma pessoa orgulhosa”, não vejo ninguém falando “eu sou uma pessoa mentirosa, eu sou uma pessoa fofoqueira, eu sou uma pessoa invejosa dentre outros.  Reflitam que qualquer falha que cometemos, ficamos envergonhados ao sermos apontados, mas o orgulho não, pois nosso brio fala mais alto, situações que poderíamos ser flexíveis, acabamos nos envaidecendo a tal ponto de perdermos a sensibilidade de autoanalise ou seja, não conseguimos enxergar o nosso próprio erro, mas a coisa é tão forte que quando uma pessoa nos mostra, tentamos nos proteger com o próprio orgulho, com a típica frase: “mas eu estou certo”, logo transformando tudo isso em uma grande mágoa, ficando enraizado em nosso ser, como um tumor, que cresce a cada dia, mas mesmo assim carregando este tumor chamado orgulho no peito como se fosse uma medalha.  Isso não é bom, não é bonito nem faz bem para você, arranque isso rápido do seu peito, pois o único que não falhou foi Jesus, assim mesmo perdoa  a todos, inclusive você, siga o exemplo de Cristo.

“Então Pedro, aproximando-se dele, disse: Senhor, até quantas vezes pecará meu irmão contra mim, e eu lhe perdoarei? Até sete?
Jesus lhe disse: Não te digo que até sete; mas, até setenta vezes sete.” (Mateus 18:21-22)